Treinamento Sensório Motor e Lesões Esportivas

Treinamento Sensório motor e lesões esportivas

Os dados europeus mostram que milhões de lesões relacionadas com os esportes ocorrem a cada ano e exigem atenção médica, e de todas as lesões relacionadas ao esporte observadas na prática geral, cerca de um em cada quatro são relacionados ao futebol.  Além disso, 5,8 milhões de pessoas a cada ano são tratadas em Hospitais na Europa devido a lesões associadas a esportes.

 

Sensório Motor e Lesões

 

 

 

 

As lesões relacionadas ao esporte tendem a resultar em alterações graves e a longo prazo nas funções proprioceptivas e neuromusculares. Eles são muitas vezes causados ​​por uma destruição parcial ou completa dos receptores articulares e/ou ligamentares devido à própria lesão ou algum processo cirúrgico. Também é provável que os receptores das articulações que permaneceram intactos alterem as informações aferentes para prevenir novas lesões ou agravamentos dos sintomas existentes. As mudanças fisiológicas, a perda de informação dos mecanorreceptores e as mudanças induzidas dos insumos receptores remanescentes são consideradas responsáveis ​​pela persistência dos déficits funcionais, como o controle postural limitado, a força máxima diminuída ou prolongar o tempo de reação muscular. Assim, com o objetivo de melhorar e otimizar o controle sensório-motor, a reabilitação após o tratamento cirúrgico ou não cirúrgico de lesões esportivas ou ortopédicas concentra-se na restauração e aprimoramento de habilidades proprioceptivas e neuromusculares.

O Treinamento Neuromuscular é o conjunto de exercícios que foram derivados ou adaptados para todas as progressões, exercícios de equilíbrio, instabilidade ou exercícios pliométricos são efetivos para a prevenção de novas lesões e para o aprimoramento da funcionalidade articular pós-lesão.

 

Thorborg K, et al.Effectofspecificexercise – based football injury prevention programmes on the overall injury rate in football: a systematicreviewand meta-analysisofthe FIFA 11 and 11+ programmes, 2017.

Zech A, et al. Neuromuscular Training for Rehabilitationof Sports Injuries: A SystematicReview, 2009.

Hewett T E, et al. Effectivenessof Neuromuscular Training Basedonthe Neuromuscular Risk Profile, 2017.